+Alguém pode me explicar... ...porque no programa do segundo grau (vulgo colegial) a Física e a Matemática param no século XVII, antes de Newton e Leibniz, enquanto as outras matérias abordam temas atuais? A grande contribuição de Newton e Leibniz foi a descoberta do cálculo diferencial e integral, isto é, a habilidade de lidar com limites de sequências e somas de infinitas parcelas. Com os argumentos deles é que caiu por terra o paradoxo de Zenão, segundo o qual o corredor Aquiles jamais alcançaria uma tartaruga, desde que a tartaruga começasse a corrida com uma pequena vantagem. O cálculo, a habilidade de lidar com infinitos e infinitésimos, depois formalizado e desenvolvido nos séculos XIX e XX é a mais importante conquista filosófica do segundo milênio AD. E essa conquista é negada aos estudantes do segundo grau. Em vez disso o aluno do segundo grau engole uma estranha "Física" classificatória, burocrática, cheia de bobagens tipo "movimento retilíneo uniformemente variado". Aqueles que não seguirem depois carreiras universitárias de exatas jamais verão os conceitos desenvolvidos há quase trezentos anos e que são fundamentais em todo o pesnamento científico e técnico moderno. Depois vão se meter a falar em coisas como "caos", "probabilidade", "relatividade", "curvatura do espaço-tempo"... como se fossem tocar uma sonata de Beethoven sem saber o que é uma clave de sol. Se é para ensinar desse jeito melhor seria tirar completamente essas matérias do currículo. Pelo menos os alunos que fossem para o curso superior de exatas não iriam tão cheio de idéias pré concebidas e erradas e os que não fossem não teriam perdido precioso tempo.