+e-Conto do Vigário Já recebi várias cópias de uma mensagem que parece vir da Globo convidando a participar da próxima edição do Big Brother, para o que basta baixar um formulário, preenche-lo e enviá-lo. O programa que cria o tal formulário é, de fato, um cavalo de Tróia que instala um programa que captura as teclas acionadas e as imagens em torno do cursor nos cliques dos botões do rato, em outras palavras é um maravilhoso mecanismo para capturar senhas de bancos e afins. O mesmo tipo de cavalo de Tróia tem sido veiculado por mensagens que parecem ter sido enviadas pelos grandes bancos, pedindo para baixar um software que aumentará a segurança de suas transações. O usuário ingênuo baixa o programa e passa a correr o risco de ter suas senhas capturadas. Que beleza. As mensagens tem vindo normalmente da rede do iBEST e o cavalo de Tróia está hospedado em hpg.com.br que pertence ao iG. Ambos já foram avisados várias vezes e continuam coniventes com este crime de estelionato eletrônico. Quosque tandem... No mundo dos hackers este tipo de ataque é conhecido como engenharia social, mas o nome em bom português é 'conto do vigário' mesmo.