+John Coltrane no Fubá De novo não resisti e cabulei hora e meia de trabalho, ontem à tarde, à custa de trabalhar à noite via Internet, e fui ao SESC Paulista. A atração de ontem do Instrumental SESC Brasil era o conjunto de chorinho Tira Poeira, do bairro da Lapa, Rio de Janeiro. Eles tocaram standards do chorinho, mas com arranjos super modernos, breques que estão mais para freios ABS e andamento e tempo totalmente brubeckiados. Enfim, uns moleques pintando e bordando no palco. Como diria Patrícia Palumbo, uma delícia! Os mais puristas podem não gostar muito das estrepolias dos arranjos, mas é bem assim que se preservam as melhores tradições: mudando.