+A Cigarra e a Formiga, versão 2.0 Era uma vez uma formiguinha e uma cigarra. No verão, enquanto a formiguinha dava um duro danado cortando e carregando folhinhas para dentro do formigueiro, a cigarra só cantava e tocava violão. Então veio o inverno, as folhas secaram e a comida se tornou escassa. Fazia um frio de rachar, quando a cigarra bateu na porta da formiguinha. A formiguinha atende "E então, cigarra, está com frio, com fome?" "Que nada", disse a cigarra, "Vim te convidar para o lançamento de meu CD no SESC Vila Mariana, já até dei entrevista no programa da Patrícia Palumbo! e mês que vem vamos lançá-lo na Europa, uma turnê internacional!". "e, nessa turnê, você vai passar em Paris?" perguntou a formiga, um tanto sem jeito. "Paris, deixa eu ver", diz a cigarra enquanto consulta seu palmtop de última geração. "Sim, está aqui na agenda, Paris!". "Então", disse a formiguinha, "chegando lá, procura o Mr. La Fontaine e diga que eu o mandei a puta que o pariu!!"