2005-05-04 00:38:48 Mina Também acho - que todo católico é esquizofrênico. Cresci aluna de colégio de freiras e entendo que o melhor jeito de dialogar com o divino ainda passa, para mim, pelas rezas e rituais católicos. Mesmo assim, quando me ponho a rezar o Credo (a oração usada nos exorcismos! ui!) sinto um gosto amargo na língua ao dizer "Creio (...) na santa igreja católica...". Santa? Faz-me rir!
Em compensação, me lava a alma dizer "Meu Senhor, eu não sou digna...". Acho que se diz isso durante a missa, né? Gosto de repetir pra dentro quando estou perturbada por alguma coisa. E tem uma canção gravada pela Naná Caymmi em um disco do Milton que usa essa oração: "Meu Senhor, eu não sou digna de que visites minha pobre morada. Mas se desejas, queres me visitar, dou-te meu coração". Conhece? É lindo!
Agora, o que o Benedito Durão tem a ver com tudo isso, aquele velhinho com ares meio tarados e mentalidade de anta empedernida? Não tem nada, rigorosamente nada! Ele que fique lá no vaticano, cercado de seus cardeais e seu ouro de tolo!