+Formato de imagens cruas da Canon EOS-350D Trabalhar com dados crús (isto é, não processados) de imagens digitais é muito bom porque a gente tem a liberdade de aprontar o que quiser em termos de balanço de cores, contraste, brilho, etc. Cada imagem pode se transformar em um parque de diversões. Meu novo brinquedinho, a Canon Rebel-XT, também conhecida como EOS-350D pode gravar imagens cruas, mas como me recuso a usar Windows e não tenho um Mac e todas as aplicações que lêem esse formato são para essas plataformas, eu tinha que me contentar com as imagens comprimidas em JPEG. Agora, graças a São Guguinho encontrei um programa que decodifica os arquivos da Canon, o dcraw de Dave Coffin, um hacker de Boston que escreve em esperanto! Agora posso cantar parodiando Rita Lee:
Adeus, jeipegue,
pois Dave me salvou!
as minhas fotos
faço tudo em modo raw