+100 anos de E=mc² Há cem anos Albert Einstein publicou cinco papers, dois dos quais sobre a teoria da relatividade restrita. No segundo, publicado no fim do ano de 1905 apareceu a famosa equação E=mc², que estabelece uma equivalência entre massa e energia, conceitos sobre os quais se fala muita besteira. Falando em termos simples, o que Einstein descobriu é que quando um objeto é acelerado ele não só passa a andar mais depressa, como sua massa aumenta. Assim para acelerá-lo mais ainda a quantidade de trabalho necessário também aumenta. Nosso empurrão vai se tornando menos eficiente conforme a velocidade aumenta. No fim por mais trabalho que realizemos não conseguiremos fazer o corpo atingir a velocidade da luz. O engraçado da história é que o grosso da teoria da relatividade restrita foi bolado em uma cervejaria que Einstein e um colega do escritório de patentes freqüentavam. Outra curiosidade é que a aplicação mais cotidiana da relatividade restrita é o radar da polícia rodoviária. Juntando os dois fatos podemos concluir que =se beber, escreva um paper de física básica, mas não dirija!