+Entre elefantinhos e pingüins Minha filha Alice se mandou para a África do Sul, mais precisamente para a Cidade do Cabo. Já está lá há duas semanas, fazendo curso de inglês, foi a um congresso de medicina, viu pingüins africanos tomando sol na praia e filhotinhos de elefante. Ela está hospedada na YMCA (Associação Cristã de Moços) perto da estação Observatory e a escola fica em Newlands o que a faz viajar no trem metropolitano, onde pode ver outros exemplares da fauna local além dos pingüins e elefantes. Outro dia ela me mandou um e-mail meio apavorado porque o alojamento de um colega na YMCA tinha sido invadido e roubado. OK, a África do Sul não é exatamente um paraíso na Terra e não acho nada improvável que algo parecido ocorresse aqui também, mas foi um bom susto. Na mensagem ela até considerava a possibilidade de abortar a viagem e voltar ao Brasil, mas acho que passado o susto ela continuará fazendo o curso até o fim e fará uma viagem a Moçambique que vem planejando junto com colegas. A moral da história é que entre leões, elefantes e pingüins, a espécie mais perigosa é mesmo a tal do homo sapiens.