+Cada vez sou mais fã desse cara imagem do laptop, como foto de crianças na tela Leio hoje na BBC que o computador portátil projetado para crianças em países em desenvolvimento (aqui inclusive) e que deve vir a custar em torno de cem dólares a unidade, deve ser lançado em julho, com lotes experimentais alcançando as mãozinhas das crianças no mês que vem. O projeto do notebook que começou no Media Lab do MIT em 2004 está atingindo a maturidade e é a "menina dos olhos" de Nicola Negroponte, então diretor do laboratório. A proposta é altamente desafiadora do ponto de vista de engenharia, um computador portátil capaz de usar a Web, com confiabilidade digna de equipamentos militares, por cem mangos dos gringos, uns duzentos e poucos dos nossos. Não é pouca porcaria. Particularmente gosto de que esse projeto vai na contramão da marketagem atual que aposta sempre em máquinas maiores com sistemas operacionais cada vez mais cheios de firulas inúteis. Diz Negroponte à BBC:
"In fact, one of the saddest but most common conditions in elementary school computer labs (when they exist in the developing world), is the children are being trained to use Word, Excel and PowerPoint," Mr Negroponte said. "I consider that criminal, because children should be making things, communicating, exploring, sharing, not running office automation tools."
Para saber mais sobre esse projeto: www.laptop.org, que a partir de agora fará parte da meu menu de sítios recomendados.