+Reforma ortográfica vem aí No próximo ano devem entrar em vigor as últimas babaquices ortográficas como o fim do trema. Sou particularmente contra o fim do trema, me recuso a comer lingüiças sem trema! Reformas ortográficas, ainda mais de detalhes quase insignificantes, são uma tremenda perda de tempo e de dinheiro. Livros escolares e dicionários terão que ser reimpressos, os velhos não podendo mais ser reutilizados. Programas de verificação ortográfica, inclusive o ispell que eu uso, terão que ser atualizados. Melhor seria termos uma língua mais estável, como o inglês que praticamente não muda desde os tempos de Shakespeare e que, para a felicidade dos anglófonos, não tem regulamentação oficial. Fora com a reforma ortográfica idiota e oportunista que só serve para enriquecer os editores de dicionários e livros escolares! Queremos lingüiças com trema (e pimenta, erva doce, e outros temperinhos gostosos)!