em um quadro, a velha fotografia desbotada e roída pelo tempo os fantasmas que em mágico momento fizeram do papel sua moradia olho a imagem, a mente se arrepia como se dela ouvisse um lamento um sussurro, um sinal de sofrimento alguém cantando triste melodia